contato@radioserra.com(24) 2246-1724Webmail

DIA NACIONAL DA CAMPANHA EDUCATIVA DE COMBATE AO CÂNCER

Data tem como meta informar sobre prevenção, diagnóstico precoce e tratamentos

 

Sexta-feira, dia 4 de agosto, é comemorado o Dia Nacional da Campanha Educativa de Combate ao Câncer. Essa doença é responsável pela morte de milhões de pessoas todos os anos e é alvo de pesquisas científicas incessantes em busca da cura. No entanto, várias formas de câncer podem ser evitadas através de pequenas mudanças de hábitos e atitudes.

 

De acordo com o Radio-oncologista, Dr. Paulo César Canary, membro do corpo clínico da Radioserra – Centro Regional de Radioterapia é incrível como apenas a ingestão de determinados alimentos ajuda enormemente na prevenção de algumas formas de câncer. Outra questão simples trata-se do uso da camisinha em relações sexuais, que reduz indiscutivelmente as chances da mulher desenvolver câncer de colo do útero, já que mais de 90% dos casos desse tipo de câncer estão relacionados à presença do vírus HPV, sexualmente transmissível.

 

Com base no documento World cancer report 2014 da International Agency for Research on Cancer (Iarc), da Organização Mundial da Saúde (OMS), é inquestionável que o câncer é um problema de saúde pública, especialmente entre os países em desenvolvimento, onde é esperado que, nas próximas décadas, o impacto do câncer na população corresponda a 80% dos mais de 20 milhões de casos novos estimados para 2025.

 

A estimativa para o Brasil, biênio 2016-2017, aponta a ocorrência de cerca de 600 mil casos novos de câncer. Excetuando-se o câncer de pele não melanoma (aproximadamente 180 mil casos novos), ocorrerão cerca de 420 mil casos novos de câncer. O perfil epidemiológico observado assemelha-se ao da América Latina e do Caribe, onde os cânceres de próstata (61 mil) em homens e mama (58 mil) em mulheres serão os mais frequentes. Sem contar os casos de câncer de pele não melanoma, os tipos mais frequentes em homens serão próstata (28,6%), pulmão (8,1%), intestino (7,8%), estômago (6,0%) e cavidade oral (5,2%). Nas mulheres, os cânceres de mama (28,1%), intestino (8,6%), colo do útero (7,9%), pulmão (5,3%) e estômago (3,7%) vão figurar entre os principais.

 

Para o especialista o Dia Nacional da Campanha Educativa de Combate ao Câncer, assim como todas as datas sazonais e campanhas são formas de chamar a atenção para uma doença que está se transformando na doença do século XXI. “Com o envelhecimento da população devido ao controle de doenças infecciosas, melhor tratamento de doenças crônicas como diabetes e hipertensão, as pessoas estão vivendo por mais tempo e o câncer é sabidamente uma doença de idades mais avançadas”, explica.

 

Informação e cuidado são armas poderosas na luta contra o câncer. “Sempre é importante ressaltar a importância das visitas regulares ao médico, afinal, o diagnóstico precoce da doença aumenta consideravelmente as chances de cura”, pontua.

 

Canary ainda afirma que na Radioserra o dia a dia é composto pela rotina de assistência e atendimento aos pacientes em uso de radioterapia e a participação em campanhas que despertam interesse da população em geral, acompanhantes e funcionários. “Temos grande prazer em oferecer a todos os cidadãos informações de qualidade, pois acreditamos que os que se informam sobre o assunto tendem a disseminá-las aos amigos, vizinhos e colegas de trabalho. Falar sobre a doença ajuda as pessoas que estão passando por ela a enfrentá-la de forma mais consciente”, finaliza o especialista.

 

Mais informações sobre o corpo clínico e os serviços oferecidos podem ser obtidas e realizados na sede da RadioSerra – Centro Regional de Radioterapia, que fica localizada na Rua Dr. Sá Earp, 309 – parte - Morin, pelo telefone (24) 2246-1724, no site www.radioserra.com ou no e-mail contato@radioserra.com.

 



Voltar